Leilão Dezembro 2014

Arte Sacra, Mobiliário, Pratas e Ouro, Porcelanas, Faianças, Pintura, Brinquedos, Parte de Biblioteca, Vinhos e Objectos de Coleccionismo.

Seleccionar o nº do Lote para aceder a toda informação relativa ao artigo (Notas e fotos adicionais)

Horários

Exposição
Dias 27, 28 e 29 Novembro das 15:00/20:00 - 21:00/24:00
Dia 30 de Novembro das 15:00/20:00
Leilão
1ª Sessão 2 de Dezembro 2014 ás 21:00
2ª sessão 3 de Dezembro 2014 ás 21:00
3ª sessão 4 de Dezembro 2014 ás 21:00
  • Leilao
  Lote Descricao Categoria Preco Base
CIGARREIRA ARTE-DECO
Lote 101
CIGARREIRA ARTE-DECO
Em prata portuguesa, trabalho do séc. XIX-XX. Corpo parcialmente liso de formato rectangular, decorado no topo com motivos geométricos.
Sinais de uso.
Contraste: Javali, em uso 1887-1938.
Peso aprox: 142,1 gr.
Dim: 8,5x11,6 cm
Prata 50,0 €
RARO VINHO DO PORTO
Lote 102
RARO VINHO DO PORTO
Uma (1) garrafa de vinho do porto “Rei Manuel - Porto ruby - tinto aloirado”, de 75 cl, com um grau de alcoolémia de 19% Vol, produzido e engarrafado em Portugal - Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro S.A.R.L. - Vila Nova de Gaia. Exemplar com interesse para coleccionadores no seu estado original com selo de garantia e protecção de rolha. Não nos responsabilizamos pelo seu estado de conservação.
Bebidas 20,0 €
GRANDE COLECÇÃO SE SOLDADINHOS DE CHUMBO
Lote 103
GRANDE COLECÇÃO DE SOLDADINHOS DE CHUMBO
Constituído por mais de cento e oitenta (180) exemplares, trabalho possivelmente português do séc. XX. O corpo de tropas é formado por: trinta e dois (32) cavaleiros; cento e vinte e sete (127) soldados em marcha; catorze (14) corneteiros e onze (11) militares, graduados. Exemplares na sua maioria á cor natural “cinzento azulado” e alguns prateados. Sinais de uso, possíveis faltas e defeitos.
Coleccionismo 50,0 €
CAIXA DIOGO
Lote 104
CAIXA DIOGO
Em porcelana moldada e relevada da fábrica da Vista Alegre, trabalho do séc. XX. Decoração com tons de azul sobre fundo branco com motivos de arranjos florais e enrolamentos vegetalistas. Marca por carimbo na base. Sinais de uso.
Marca Nº 36 em uso 1980-1992 e Nº 38 em uso 1992-1997
Dim: 13x15x12 cm
Porcelana 25,0 €
ESPELHO DE PAREDE
Lote 105

 

ESPELHO DE PAREDE
Em madeira entalhada, pintada e brunida a ouro fino, trabalho Francês do séc. XX. Moldura recortada de formato rectangular ao alto, decorada no topo com uma ânfora ladeada por flores, laterais ornados por volutas e folhas de acanto. Sinais de uso.
Dim: 92x59,5x6,5 cm
Mobiliário 75,0 €
COLECÇÃO DE FRASCOS DE FARMÁCIA
Lote 106
COLECÇÃO DE FRASCOS DE FARMÁCIA
Constituída por dez (10) frascos de diversos tamanhos de formato tubular, em vidro moldado em tons translúcidos, castanho e azul, trabalhos portugueses e europeus dos do séc. XX. Sinais de uso.
Dim: 18,5 cm (Maior)
Dim: 6,5 cm (Menor)
Vidros e Cristais 30,0 €
BARCELÓ (FRANCISCO) – (1938 -?)
Lote 107
BARCELÓ (FRANCISCO) – (1938 -?)
“ILUMINURA – Técnica mista sobre papel, profusamente decorada com motivos geométricos, florais e vegetalistas. Assinado e datado no canto inferior direito [F.B-71]. Trabalho emoldurado.
Dim: 14,3x11 cm
Pintura 50,0 €
RARA MÁQUINA DE COSTURA – “WILLCOX & GIBBS”
Lote 108
RARA MÁQUINA DE COSTURA – “WILLCOX & GIBBS”
De fabrico Americano, trabalho do séc. XIX. Corpo em ferro de formato arquitectónico, accionado manualmente por duas roldadas e uma cinta em cabedal, assente sobre base em madeira. Número de série A 384100 e placa circular em latão com a seguinte inscrição: “WILLCOX & GIBBS - Sewing Mach. Co. New York”. Mesa em metal cromado com várias inscrições de patentes gravadas. A funcionar.
Sinais de uso, desgastes e possíveis faltas e defeitos.
Dim: 24,5x32x15,5 cm (Máquina de costura)
Diversos 100,0 €
JARRA MODERNISTA
Lote 109
JARRA MODERNISTA
Em faiança moldada e relevada da fábrica “Gilman & ctª - Sacavém” Lisboa, trabalho do séc. XX, dos anos 50. Corpo de formato bojudo, decoração em relevo e a ouro sobre fundo franco, representando archeiros em diversas posições caçando aves de grande porte e filagens concêntricas. Marca por carimbo na base. Sinais de uso, desgastes acentuados nas partes douradas e pequena esbeiçadela no bordo inferior da base.
Alt: 25 cm
Faiança 30,0 €
DUAS BASES DE LAREIRA
Lote 110
DUAS BASES DE LAREIRA
Em várias ligas metálicas, trabalhos europeus do séc. XX que passamos a descrever: Uma (1) base de formato rectangular em aço, decorada na parte frontal e lateral com placas em bronze dourado e caneladuras verticais convexas. Assente sobre quatro pés, sendo os frontais de formato arquitectónico encimados por pináculos.
Uma (1) base de formato rectangular em forma de gradeamento em ferro cravado. Sinais de uso.
Dim: 19,5x47,5x28 cm (Maior)

Dim: 22x38,5x21 cm (Menor)

Artigos Decorativos 35,0 €
PRATO
Lote 111
 
PRATO
Em faiança portuguesa do norte, trabalho do séc. XX. Corpo de formato circular de covo acentuado, decorado em tons de azul, verde, amarelo, bordeaux e vinoso, tendo ao centro vista de jardim com casario. Aba com faixa de motivos florais e enrolamentos vegetalistas estilizados. Sinais de uso, defeitos de fabrico e esbeiçadela no bordo.
Diam: 30,5 cm
Faiança 25,0 €
SEIS COLHERES DE CHÁ E CONCHA DE AÇÚCAR
Lote 112
SEIS COLHERES DE CHÁ E CONCHA DE AÇÚCAR
Em prata portuguesa, trabalho do séc. XIX-XX. Corpo decorado com motivos florais ao gosto da “Arte-Nova”. Sinais de uso.
Contraste: Javali em uso 1887-1937.
Peso aprox: 98,4 gr.
Dim: 12 cm (Colher)
Dim: 11,8 cm (Concha de açúcar)                                                                                                                                                                     
Prata 40,0 €
SALVA DE BORDO RECORTADO
Lote 113

 

SALVA DE BORDO RECORTADO
Em prata portuguesa, trabalho do séc. XX. Fundo liso, aba decorada com caneladuras verticais convexas, concheados e aletas em relevo. Sinais de uso.
Contraste: Águia 833 em uso 1938-1984.
Peso aprox: 177,5 gr.
Diam: 24,4 cm
Prata 60,0 €
CHÁVENA COM PIRES
Lote 114
CHÁVENA COM PIRES
Em porcelana moldada da fábrica da Vista Alegre com armação em prata portuguesa, trabalho do séc. XX-XXI. Reprodução de uma chávena com pires em porcelana chinesa do séc. XVIII, “Blue Canton”. Corpo bojudo com pega lateral em voluta, recortada e vazada assente sobre pires de formato circular. Decoração em tons de azul sobre fundo branco, representando paisagem com pagodes e peónias. Bordo do pires ornado com armação em prata. Marca por carimbo na base. Sinais de uso.
Marca Nº 37 em uso 1980-1992, Nº 38 em uso 1992-1997 e Mottahedeh a azul.
Contraste: Águia 925 em uso após 1985.
Diam: 7,5x12 cm
Porcelana 30,0 €
CANDEEIRO DE TECTO DE CINCO LUMES
Lote 115
CANDEEIRO DE TECTO DE CINCO LUMES
Em vidro Murano translucido, trabalho do séc. XX. Fuste central balaustrado, tendo na taça principal, cinco braços em voluta encimados por taças. Electrificado. Sinais de uso, esbeiçadela numa das taças e apoios das lâmpadas partidos.
Alt: 49,5x50 cm
Mobiliário 30,0 €
CURIOSO SERVIÇO MODERNISTA
Lote 116

 

CURIOSO SERVIÇO MODERNISTA
Em porcelana moldada e relevada da fábrica da vista alegre, trabalho do séc. XX, constituído por cafeteira, açucareiro e cinco taças com pires. Decoração estampilhada e policroma em vários tons sobre fundo branco com motivos de golfistas, enrolamentos vegetalistas e laçarotes. Pega da cafeteira em madeira de pau-santo torneada e pomos das tampas de formato esférico. Marca por carimbo na base. Sinais de uso.
Marca Nº 32 em uso 1947-1968.
Alt: 25 cm (Cafeteira)
Alt: 12,5 cm (Açucareiro)
Alt: 8 cm (Taça com pires)
Porcelana 50,0 €
DANTE ZOI (1890-1945)
Lote 117
DANTE ZOI (1890-1945)
“BUSTO DE JOVEM” – Escultura em mármore branca, trabalho Italiano do séc. XX. Assinatura incisa no verso [D. Zoi // Firenze]. Sinais de uso.
Alt: 22,5 cm
Escultura 50,0 €
PRATO
Lote 118
 
PRATO
Em faiança portuguesa da fábrica Battistini de Maria de Portugal, trabalho do séc. XX. Corpo de formato circular de covo pouco acentuado. Decoração vidrada e policroma em tons de azul, verde, amarelo, laranja e vinoso, tendo ao centro paisagem fluvial com árvore encimada por um rouxinol e inscrição no topo “O Rouxinol quanto mais bebe, mais canta”. Aba com motivos vegetalistas estilizados e frisos concêntricos. Marcado na base. Sinais de uso.
Diam: 30,8 cm
Faiança 35,0 €
JARRA
Lote 119
JARRA
Em porcelana moldada e relevada da fábrica da Vista Alegre, trabalho do séc. XX. Corpo de formato arquitectónico, assente sobre pés zoomórficos terminando em base de formato quadrangular. Decoração policroma em vários tons sobre fundo branco com motivos de arranjos florais e complementos a ouro mate. Marca por carimbo na base. Sinais de uso.
Marca Nº 31 em uso 1922-1947.
Alt: 17,2 cm
Porcelana 35,0 €
A. FONTES (SÉC. XX)
Lote 120
 
A. FONTES (SÉC. XX)
“PORTO” – Guache sobre papel de grandes dimensões, representando vista do Porto no início do séc. XIX. Cópia tirada de uma litografia de George Vivian [1839], com vista do Mosteiro de São Bento de Avé-Maria para a Torre dos Clérigos, Mosteiro demolido em finais do século XIX e construída a actual Estacão Ferroviária de São Bento-Porto. Assinado e datado no canto inferior esquerdo [A. Fontes // 85]. Autor não identificado. Emoldurado.
Dim: 66,5x97,5 cm
Pintura 75,0 €
CANECA
Lote 121
 
CANECA
Em cerâmica moldada e relevada, produção da fábrica de louças Artísticas das Caldas da Rainha, trabalho do séc. XX-XXI. Decoração vidrada e policroma em tons de castanho, verde e vordeaux, representando espigas de trigos atadas por faixa entrançada. Pega lateral em voluta, recortada e vazada. Marca por carimbo na base. Sinais de uso.
Alt: 26 cm
35,0 €
BASE DE TINTEIRO
Lote 122
BASE DE TINTEIRO
Em prata portuguesa, trabalho do séc. XIX-XX. Corpo frontal recortado, encimado por um trovador, ladeado por dois apoios para os reservatórios de tinta e apoio para aparos em forma de concha, assente sobre pés de enrolamento. Decoração com folhas de acanto, medalhões e frisos perlados.
Sinais de uso e falta dos reservatórios de tinta.
Contraste: Javali em uso 1887-1938.
Peso aprox: 79,5 gr.
Dim: 13x18x11,7 cm
Prata 75,0 €
COLHER DE ARROZ
Lote 123
COLHER DE ARROZ
Em prata portuguesa, trabalho do séc. XIX-XX. Corpo parcialmente liso com decoração dita “caninhas” na extremidade da pega. Sinais de uso.
Contraste: Javali em uso 1887-1938.
Peso aprox: 145,4 gr.
Dim: 29,5 cm                                                                                                                                                                                                  
Prata 70,0 €
COVILHETE DE BORDO RECORTADO
Lote 124
 
COVILHETE DE BORDO RECORTADO
Em faiança portuguesa do norte da “Fábrica da Torrinha-Gaia”, trabalho do séc. XX. Corpo gomado de formato circular, decorado em tons de azul, verde, amarelo e vinoso, tendo ao centro arranjo floral. Aba decorada com grinaldas vegetalistas. Marcado e assinado [C B]. Sinais de uso.
Diam: 19 cm
Faiança 40,0 €
ESCOLA PORTUGUESA – [SÉC. XX]
Lote 125
ESCOLA PORTUGUESA – [SÉC. XX]
“PAISAGEM MARITIMA” – Óleo sobre platex, representando vista de mar com casarios, campos de cultivo e arvoredo. Assinado e datado no canto inferior direito [Luiz Nozes // 59 // Viana?]. Segundo indicação do proprietário, esta obra é de um pintor autodidacta de seu nome Luís João Lopes Nozes Tavares. Trabalho emoldurado.
Dim: 40,5x51 cm.
Pintura 75,0 €
COLECÇÃO DE SEIS GARRAFAS DE VINHO TINTO
Lote 126
COLECÇÃO DE SEIS GARRAFAS DE VINHO TINTO
De mesa que passamos a descrever: Uma (1) garrafa “Luís Pato - Bairrada de 1988”, de 75 cl, com um grau de alcoolémia de 12% Vol., criado e engarrafado por Luís Pato na sua propriedade em Óis do Bairro - Anadia. Exemplar numerado com o Nº 02734.
Uma (1) garrafa “Quinta do Carmo - Estremoz de 1986”, de 75 cl, com um grau de alcoolémia de 13% Vol., produzido e engarrafado na propriedade por Júlio Bastos - Quinta do Carmo. Exemplar numerado com o Nº 008488, agentes distribuidores Vinalda.
Uma (1) garrafa “Quinta da Bacalhôa de 1986”, de 75 cl, com um grau de alcoolémia de 11,5% Vol., produzido e engarrafado por João Pires - Vinhos S.A. Pinhal Novo, a partir de uvas da Quinta da Bacalhôa, propriedade de Thomas e Cathryn Scoville.
Uma (1) garrafa “Quinta do Côtto - Grande Escolha de 1987”, de 750 ml, com um grau de alcoolémia de 12,5% Vol., colheita das castas tradicionais durienses deu origem a 28000 gfs. de 750 ml e 750 gfs. de 1500 ml, cabendo a este exemplar o Nº 02627, engarrafado na Quinta Montez Champalimaud.
Uma (1) garrafa “Quinta D´Abrigada - Garrafeira de 1980”, de 75 cl, com um grau de alcoolémia de 12% Vol, engarrafado pelo produtor, Francisco Pinheiro Gorjão (Herdeiros) - Quinta da Abrigada - Portugal.
Uma (1) garrafa “Quinta Vale de Fornos de 1988”, de 75 cl, com um grau de alcoolémia de 12% Vol., produzido e engarrafado por Sociedade Agrícola de Vale de Fornos S.A.R.L., produção limitada a 1.600 garrafas cabendo a este exemplar o nº 1354.
Exemplares com interesse para coleccionadores no seu estado original com selos de garantia e protecções de rolhas acomodadas em caixa de madeira. Não nos responsabilizamos pelo seu estado de conservação.
Bebidas 40,0 €
PAR DE JARRAS
Lote 127
PAR DE JARRAS
Em vidro em tons de verde moldado e pintado, trabalho europeu do séc. XX. Corpo de formato tubular de topo facetado, decorado em vários tons com motivos de arranjos florais e ramagens, pintadas á mão. Sinais de uso.
Alt: 40,4 cm
Vidros e Cristais 75,0 €
CURIOSA ROLHA DE GARRAFA
Lote 128
CURIOSA ROLHA DE GARRAFA
Em porcelana moldada e relevada com cabeça em forma de palhaço, trabalho europeu do séc. XX. Decoração policroma em vários tons, pintada à mão. Sinais de uso.
Dim: 7,7 cm
Porcelana 25,0 €
INVULGAR MÓVEL RADIADOR
Lote 129
 
INVULGAR MÓVEL RADIADOR
Em madeira de castanho maciço e entalhado, de excelente construção de marcenaria portuguesa do séc. XX. Tampo moldurado em pedra mármore em tons de amarelo, assente sobre corpo de formato rectangular, ricamente decorado com motivos de arranjos florais, enrolamentos e folhas de acanto, constituído por uma parte frontal fixa ladeada por duas portas laterais. Frentes e laterais protegidos por rede perfurada, sobrepostas por grades em aço com motivos de enrolamentos e aplicações em metal dourado. Sinais de uso e falta de parte de remate em talha numa das pilastras.
Puxadores torneados em metal dourado
Dim: 98,5x114,5x48,5 cm
Mobiliário 100,0 €
ANTÓNIO JIMÉNEZ (1945)
Lote 130
 
ANTÓNIO JIMÉNEZ (1945)
“BOREAL” - Serigrafia a cores sobre papel, assinada e datada no canto inferior direito. Edição limitada de 167/199. Trabalho com moldura de aparato, em madeira entalhada e dourada. Esta obra apresenta no verso uma folha colada com o currículo do artista. Exemplar em bom estado de conservação.
Dim: 34,5x45 cm (Total da mancha)
Dim: 13,5x19 cm (Obra)
Pintura 50,0 €
CONCHA DE SOPA
Lote 131
CONCHA DE SOPA
Em prata portuguesa, trabalho do séc. XIX-XX. Corpo parcialmente liso, pega decorada em dupla face com trabalho guilhochado, encimado por cartela com monograma e enrolamentos vegetalistas. Sinais de uso.
Contraste: Javali, em uso 1887-1938.
Peso aprox: 221,7 gr.
Dim: 31,5 cm
Prata 100,0 €
SEIS COLHERES DE CHÁ
Lote 132
SEIS COLHERES DE CHÁ
Em prata portuguesa, trabalho do séc. XIX. Corpos recortados percorridos por finas caneladuras, decorados no topo por enrolamentos vegetalistas em relevo. Sinais de uso.
Contraste: Porto Coroa – Vidal Nº 133 de Guilherme Guedes Mancilha, registada em 1877 e usada até 1881, marca de Ourives - Vidal Nº 800 da segunda metade do séc. XIX.
Peso aprox: 135,7 gr.
Dim: 12,8 cm
Prata 80,0 €
COLECÇÃO DE ANIMAIS SELVAGENS
Lote 133
COLECÇÃO DE ANIMAIS SELVAGENS
Constituída por sete (7) esculturas de pequenas dimensões, em prata portuguesa maciça, trabalhos do séc. XX-XXI.
Curiosa colecção que passamos a descrever os seguintes: Um (1) Macaco; dois (2) Ursos; uma (1) Girafa; uma (1) Leoa; um (1) Lince; etc.
Sinais de uso.
Contraste: Águia 925, em uso após 1985 da Ourivesaria Leitão e Irmão.
Peso aprox: 131,8 gr.
Alt: 4,8 cm (Maior)
Alt: 1,5 cm (Menor)
Prata 130,0 €
DUAS FIGURAS REGIONAIS DO “RIBATEJO” E DA “BEIRA LITORAL”
Lote 134
DUAS FIGURAS REGIONAIS DO “RIBATEJO” E DA “BEIRA LITORAL”
“FIGURA DO RIBATEJO” – Escultura em biscuit moldado e relevado da fábrica da Vista Alegre, trabalho do séc. XX. Figura masculina de campino Ribatejano em posição de pé, em vulto perfeito sobre base recortada, segurando com a mão direita uma vara e a esquerda no bolso. Traja indumentária da região e barrete sobre a cabeça.
“FIGURA DA BEIRA LITORAL” – Escultura em biscuit moldado e relevado da fábrica da Vista Alegre trabalho do séc. XX. Figura feminina, representando vendedora de peixe, em posição de pé, em vulto perfeito sobre base recortada, segurando as saias com a mão esquerda e sobre o braço direito um cesto encanastrado com peixe no interior. Traja indumentária da região com lenço esvoaçante e chapéu na cabeça. Decoração realista sem policromia. Ambas as peças com marcas incisas na base. Sinais de uso.
Marca Nº 33 em uso 1968-1971.
Alt: 20cm
Escultura 40,0 €
PAR DE APLIQUES DE PAREDE
Lote 135

 

PAR DE APLIQUES DE PAREDE
Em metal dourado com apontamentos a negro, trabalhos franceses do séc. XX. Corpos recortados, decorados com enrolamentos vegetalistas e motivos florais, tendo ao centro um cisne de asas abertas patinado a negro. Braços em voluta, encimados por copos com terminais em forma de velas. Electrificados. Sinais de uso.
Dim: 43 cm (Altura total)
Mobiliário 40,0 €
BENGALA
Lote 136
 
BENGALA
Em madeira de pau-santo com castão em prata portuguesa e ponteira em metal, trabalho do séc. XIX-XX. Decoração em relevo com motivos florais e enrolamentos vegetalistas e estilizados. Sinais de uso.
Contraste: Javali em uso 1887-1938.
Dim: 92,3 cm
Diversos 100,0 €
DUAS BONECAS
Lote 137
DUAS BONECAUma (1) boneca com cabeça moldada em biscuit, trabalho francês do séc. XX. Boneca de expressão graciosa com olhos de movimento em vidro em tons de azul, ricamente trajada com roupagem da época. Corpo em Papier-mâché, braços e pernas articuladas em madeira, pintada em tons de creme. Marca e numeração incisa no verso da Cabeça [Unis - France - 301].
Uma (1) boneca em diversos materiais, trabalho português do séc. XX. Boneca com olhos de movimento em tons de azul, representado traje à Vianense. Corpo em Papier-mâché, braços e pernas articuladas. Sinais de uso.
Alt: 45 cm (Boneca Unis)
Alt: 35,5 cm (Boneca trajada à Vianesa)
Porcelana 50,0 €
TRÍPTICO
Lote 138
TRÍPTICO
Em prata dourada portuguesa, trabalho do séc. XX. Corpo de formato rectangular ao alto com duas portas envidraçadas e pintadas, decoradas com anjos segurando trombetas ladeados por motivos vegetalistas. Topo encimado por florão recortado e vazado, decorado com motivos florais, ramagens e pássaro. Interior estufado em veludo em tons de roxo com aplicação ao centro de jesus cristo crucificado em marfim. Sinais de uso.
Contraste: Águia 833 em uso 1938-1984, marca de ourives - Vidal Nº 3435 do Porto de Américo da Costa Pestana, registada em 1959 e cancelada em 1974.
Dim: 12x8,4x2,3 cm (Fechado)
Dim: 12x16,4x2,3 cm (aberto)
Nota: Escultura com certificado [ICNB-CITES]
Prata 50,0 €
CÃO
Lote 139
CÃO
Escultura em cerâmica oriental, moldada e relevada com aplicações em prata portuguesa, trabalho do séc. XX-XXI. Decoração realista e policroma em tons de azul sobre fundo branco com motivos de arranjos florais, palmeiras, enrolamentos vegetalistas e figuras. Sinais de uso.
Contraste: Águia 925 em uso após 1985.
Alt: 32,5 cm
Porcelana 35,0 €
SEIS COPOS NAPOLEÓNICOS “BACCARAT”
Lote 140
SEIS COPOS NAPOLEÓNICOS “BACCARAT”
Em cristal translucido e moldado, trabalho Francês do séc. XX. Corpos de formato bojudo, decorados a ouro com a insígnia de Napoleão, encimada por Coroa. Marcados na base. Sinais de uso.
Alt: 11,5 cm

 

 

Vidros e Cristais 50,0 €
PAR DE POTES COM TAMPAS
Lote 141
PAR DE POTES COM TAMPAS
Em faiança portuguesa da fábrica Battistini de Maria de Portugal, trabalhos do séc. XX. Corpos de formato bojudo encimados por tampas. Decoração vidrada e policroma em tons de azul, verde, roxo, amarelo e vinoso sobre fundo branco com motivos ornitológicos ladeados por enrolamentos vegetalistas, faixas estilizadas e filagens concêntricas. Sinais de uso e pequenas esbeiçadelas no vidrado. Marcados e um deles, assinado na base.
Alt: 41 cm
Faiança 50,0 €
EX-VOTO “PERNA DE SUSPENSÃO”
Lote 142
EX-VOTO “PERNA DE SUSPENSÃO”
Em prata portuguesa, trabalho do séc. XIX-XX. Perna em vulto perfeito, oca, com a seguinte inscrição na parte superior {Amor e Gratidão a Nª Sª da Fátima // Setembro 1931 // Os Condes de Margaride}. Sinais de uso.
Contraste: Javali em uso 1887-1938.
Peso aprox: 491,1 gr.
Alt: 19 cm
Prata 100,0 €
INVULGAR BASE DE GARRAFA COM GRADINHA
Lote 143
INVULGAR BASE DE GARRAFA COM GRADINHA
Em prata portuguesa, trabalho do séc. XIX. Corpo liso de formato circular, decorado com gradinha recortada e vazada formando um desenho geométrico repetitivo, assente sobre pés em voluta. Sinais de uso e desgastes nas marcas de garantia.
Contraste: Guimarães Coroa, Vidal Nº 203?. Marca de Ourives Vidal Nº 2173, da primeira metade do séc. XIX.
Peso aprox: 59,4 gr.
Diam: 9 cm
Prata 100,0 €
BILHETEIRA D. MARIA
Lote 144
BILHETEIRA D. MARIA
Em prata portuguesa com desgastes acentuados nas marcas de garantia, trabalho português do séc. XVIII-XIX. Fundo parcialmente liso, decorado com faixa de enrolamentos vegetalistas e friso de perlados no bordo, assente sobre pés de formato circular decorados por perlados e flor interior.
Sinais de uso e restauros.
Contraste: Lisboa coroa?..
Peso aprox: 306 gr.
Diam: 21,2 cm
Prata 150,0 €
TRAVESSA
Lote 145
TRAVESSA
Em porcelana moldada e relevada da fábrica da Vista Alegre, trabalho do séc. XX. Adaptação de uma travessa da companhia das Índias, ca 1760. Corpo recortado, tendo ao centro composição com um pato ´policromado em vários tons, ladeado por motivos florais perfilados. Aba ricamente decorada em tons de vermelho e a ouro mate com frisos geométricos e flor-de-lis. Marca por carimbo na base. Sinais de uso.
Marca Nº 38 em uso 1992-1997 – Mottahedeh.
Dim: 24,5x27,8 cm
Porcelana 50,0 €
PAR DE JARRAS
Lote 146
PAR DE JARRAS
Em porcelana moldada, relevada e vazada da fábrica da Vista Alegre, trabalho do séc. XX. Decoração estampilhada e policroma em vários tons sobre fundo branco com motivos de arranjos florais, ornatos e filagens a ouro mate. Marca por carimbo na base. Sinais de uso.
Marca Nº 34 em uso 1971-1980.
Dim: 17,5x15,2 cm
Porcelana 40,0 €
JOSÉ PÁDUA (1934)
Lote 147
JOSÉ PÁDUA (1934)
“SEM TÍTULO” - Serigrafia a cores sobre papel, assinada e datada no canto inferior direito. Edição limitada de 9/150. Trabalho com moldura de aparato, em madeira entalhada e dourada. Esta obra apresenta no verso uma folha colada com o currículo do artista. Exemplar em bom estado de conservação.
Dim: 49x43 cm
Pintura 75,0 €
DOIS RELÓGIOS DE BOLSO
Lote 148
DOIS RELÓGIOS DE BOLSO
Um (1) relógio – Em prata 0,800 de caixa tripla, fabrico Suíço do séc. XIX-XX. Tampa frontal recortada em quadra, ladeada por frisos concêntricos com apontamentos estilizados gravados. Verso decorado com faixa de folhagens e cartela central. Máquina de movimento mecânico com Nº de série 97756. Mostrador esmaltado em tons de branco, decorado com motivos florais pintados á mão, numeração romana a negro. Inscrição gravada na tampa interior “Cylindre - Dix Rubis - A. Lansel - Zurich”. A funcionar.
Um (1) relógio – Em plaque d´or de caixa dupla, marca [MRC / Croissant - Monnin Rebetez & CIE], fabrico Suíço do séc. XIX-XX. Verso decorado com finas estrias e cartela oval. Máquina de movimento mecânico com Nº de série 65421. Mostrador esmaltado com faixa concêntrica a azul esbatido sobre fundo branco com numeração romana a negro. A funcionar. Sinais de uso, mostrador do relógio em prata com defeitos.
Diam: 3,4 cm (Relógio com caixa em prata)
Diam: 2,9 cm (Relógio em plaque d´or)
Relógios 100,0 €
BASE DE GALHETEIRO
Lote 149
BASE DE GALHETEIRO
Em faiança portuguesa do norte, fabrico atribuível a Viana, trabalho do séc. XIX. Corpo polilobado, com fuste central tubular, terminando em pega rocaille recortada e vazada em duplo (S). Decoração policroma em tons de azul, verde, amarelo, laranja e vinoso sobre fundo branco com faixas onduladas sobrepostas por enrolamentos vegetalistas estilizados. Sinais de uso e faltas das galhetas.
Dim: 23x20,5x17 cm
Faiança 75,0 €
BORDALO PINHEIRO (RAFAEL) – 1846-1905
Lote 150
BORDALO PINHEIRO (RAFAEL) – 1846-1905
“MULHER DE LEIRIA” – Escultura miniatura em terracota branca de extrema delicadeza e pormenor, trabalho do séc. XIX. A figura está representada de pé em vulto perfeito, segurando com a mão direita uma galinha. Traja saia pelos joelhos, capa pelas costas apanhada á frente e lenço na cabeça encimado por um cesto. Inscrição frontal em relevo “Mulher de Leiria”. Marca incisa no verso por monograma de Rafael Bordalo Pinheiro. Sinais de uso.
Alt: 6,4 cm 
Escultura 30,0 €

Newsletter

Subscreva a Newsletter da Leiloeira Serralves Antiguidades para receber no seu e-mail todas as novidades, promoções e datas de Leilões.